Preocupado com o meio ambiente, Capão Alto vai integrar o “Programa Penso, Logo Destino”

A Prefeitura de Capão Alto vai firmar parceria com o Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA), para colocar em prática, no município, o “Programa Penso, Logo Destino”. Esse programa faz parte da Política Nacional de Resíduos Sólidos, instituída pela Lei nº 12.305 de 2010. Ele pretende promover o gerenciamento ambientalmente correto de resíduos sólidos no município.

Na foto: Secretário municipal de Agricultura Alex Madruga, e o vereador Ênio José Ribeiro da Silva

O secretário municipal de Agricultura de Capão Alto, Alex Madruga, explicou que o objetivo é dar a destinação correta aos resíduos sólidos, para ajudar a preservar o meio ambiente. Ele detalhou que o programa será colocado em prática no município a partir de 2023. “Já sinalizamos essa parceria para melhor destinar o lixo, pensando no meio ambiente. Será dado a destinação correta de resíduos sólidos, como pneus, lixo eletrônico, entre outros”.

Alex comenta sobre outras ações da Secretaria de Agricultura. Ele cita, por exemplo, a destinação de uma retroescavadeira, com recursos do Governo do Estado com uma contrapartida da Prefeitura de Capão Alto, para os serviços da pasta. A máquina será usada em serviços no meio rural, como na abertura de bebedouros para aliviar o efeito de possíveis estiagens, melhorando a situação do homem do campo. Além disso, diz que a pasta vai receber, em breve, duas ensiladeiras para os trabalhos em prol do produtor rural.

Também está em andamento a distribuição calcário para produtores rurais, por intermédio de um projeto do Governo do Estado. A inscrição para obter o produto pode ser feita na Secretaria de Agricultura de Capão Alto ou no escritório da Epagri do município. O secretário Alex também comenta sobre o Projeto Porteira, destacando um projeto de lei que passou pela Câmara sobre o programa que derrubou a cobrança de 50% do produtor rural.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!