“Pedroso” escondido em sítio em Alfredo Wagner é preso pelo PPT

Jeferson Farias Becker, vulgo “Pedroso”, foi preso no final da tarde deste sábado (29) ,na localidade de Rio Adaga em Alfredo Wagner, pelo Pelotão de Patrulhamento Tático. Jeferson possuía um mandado de prisão ativo, pelo crime de tráfico de drogas. Segundo informações, ele estava distribuindo drogas, para pequenos traficantes nos bairros de Lages, para revender a droga. O elemento estava escondido na casa de seu cunhado, Odair Carnett Correa, apontado como um líder da facção Criminosa PGC. Os militares, mapearam o local, cercaram e realizaram a abordagem dos elementos, Odair, desobedeceu tentou agredir os PMs, sendo imobilizado após cair ao chão. Na casa foi encontrado uma pistola Taurus calibre 380 municiada com 15 projéteis, e R$ 2.922,00 reais. Odair, foi preso pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, e Jeferson pelo MP ativo pelo crime de tráfico de drogas. A dupla foi encaminhada a delegacia de Bom Retiro para flagrante.

Ocorrência em Lages, que resultou no Mandado de prisão de “Pedroso”

Três elementos acusados de tráfico de drogas foram presos na noite do sábado, dia 01/06, pelos Parrudos do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), durante o patrulhamento rotineiro, na região do bairro Santa Catarina. Os militares perceberam que um carro saiu em alta velocidade ao ver a viatura da PM. O condutor suposto traficante Jéferson , empregou alta velocidade no veículo, não sendo localizado. A Polícia bateu na casa, na rua Lacerda Coutinho, intimou a proprietária de 38 anos, a qual contou que o fujão, estava atrás de sua filha Odaísa Gomes Alves, como ela não estava, ficou de voltar mais tarde, mas ao ver o PPT, virou em pernas. Os militares fizeram uma busca na casa e encontraram um mochila recheada de drogas.07 Tabletes de Maconha pesando no total 1,488 Kg,03 Buchas de Cocaína pesando no total 253 gramas, 01 Balança de precisão da marca Diamond, 01 faca com resquícios de maconha e 01 Rolo de plástico para embalagem da droga. A polícia saiu às catas de Odaisa, a prendeu em um Centro de Umbanda Zifio. Outros que caíram também, foi Gustavo do Nascimento Küster, vulgo “Gordinho”, 25 anos e sua esposa Jéssica Leite Amaral. Na casa deles, lá estava outra mochila, com : 07 Tabletes de Maconha no total de 1,940 Kg, 07 Invólucros de Crack no total de 475 gramas, 01 Balança de precisão de cor branca, R$ 846,75 reais, 02 Celulares da marca Samsung, e 01 Rolo de plástico usado para embalagem de drogas. Odaisa Gomes Alves, Jéssica Leite Amaral e Gustavo do Nascimento, foram presos pelo crime de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Na audiência de custodia, Jéssica foi liberada.

 

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário