Castração ajuda a controlar a população de animais de rua em Capão Alto

O governo municipal de Capão Alto começou a realizar a castração de cães de rua no município. No primeiro mutirão, realizado há cerca de 40 dias, foram castrados 57 cães, a maioria animais em situação de rua. O objetivo é garantir a saúde e o bem-estar dos caninos e prevenir a ocorrência de zoonoses no município.

O secretário de Agricultura, Meio Ambiente, Pecuária e Pesca, Alex Madruga, informa que, neste primeiro momento, optou-se por castrar apenas cães, e não gatos, isso devido ao fato de a população canina ser maior em comparação aos felinos. Foram atendidos animais em situação de abandono e de famílias carentes.

A castração foi custeada com recursos de emenda do deputado estadual Marcius Machado, totalizando R$ 7 mil. O procedimento teve a parceria do Cisama, da Amures. Segundo o secretário Alex, novos mutirões devem ocorrer. O objetivo da administração é consolidar o projeto de castração, de modo a atender, em média, de 10 a 20 animais por dia.

Outros trabalhos da pasta – O secretário Alex Madruga destaca outros trabalhos da Secretaria de Agricultura, Meio Ambiente, Pecuária e Pesca. Um deles está relacionado à agricultura. No âmbito da agricultura familiar, está iniciando o plantio da safra de milho e de feijão. Também há inúmeros granjeiros que já estão plantando a safra de soja.

Alex reforçou o compromisso da administração em oferecer todo o suporte necessário para os agricultores, promovendo, dessa forma, o desenvolvimento econômico local. A frota do município, por exemplo, está totalmente pronta e revisada para auxiliar os produtores rurais capãoaltenses no plantio da safra.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!