Carmen pede ao presidente da Câmara que PL que suspende prazo processual quando advogado adoece seja encaminhado ao plenário para votação

A deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania/SC) fez um apelo ao presidente da Câmara, Arthur Lira, para que ele paute a urgência do PL 5.962/ 19, de sua autoria, e que a matéria entre para votação no plenário.

A proposta suspende os prazos processuais em até 15 dias quando o advogado constituído nos autos adoece. O texto acrescenta a previsão no Código de Processo Civil.

A parlamentar conversou com Lira acompanhada do presidente em exercício da OAB nacional, o catarinense Rafael Horn, que esteve na Casa para uma visita institucional à parlamentar para tratar da votação do projeto.

“Esta proposta nasceu da contribuição da advocacia catarinense, a qual me orgulha muito pelas diversas parcerias que sempre tivemos com o objetivo do fortalecimento do estado de direito democrático”, disse Carmen.

Rafael Horn estava acompanhado de Rafael Piva, secretário adjunto da Comissão Nacional de Legislação, e de Marco Vinicius Pereira de Carvalho.

“O projeto da deputada tem importância para mais de um milhão de profissionais do país, bem como para toda sociedade brasileira “, acrescentou o vice-presidente nacional da OAB.

fotos: Divulgação

Gabinete Carmen Zanotto

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!