Grupo “Pedal das Bunita” reúne mais de 70 mulheres

Ter uma bicicleta, um capacete, sinalizadores e vontade. Esses são os requisitos suficientes para integrar o “Pedal das Bunita”, um grupo de mulheres ciclistas em Lages. Criado há quase um ano, o grupo reúne 76 mulheres que pedalam quase que diariamente.

Tudo começou em março de 2021, após um pedal entre três amigas. Elas criaram um grupo no WhatsApp para compartilharmos as fotos das “pedaladas”. Como de costume, as fotos iam para as redes sociais das aventureiras.

A partir do terceiro pedal, ao trio começou a receber mensagens de amigas, que já pedalavam no “Pedal Rosa” e de outras que tinham vontade de pedalar, mas não tinham companhia, pedido para participar do grupo. Assim, o “Pedal das Bunita” começou a crescer e hoje já conta com 76 mulheres incríveis, que a cada dia se superam e incentivam umas as outras.

Quando o grupo iniciou, apenas uma integrante já pedalava desde 2015, as demais eram iniciantes e os pedais começaram de leve. “Íamos ao aeroporto, depois mais uma voltinha na Avenida Carahá. Fazíamos na época, em média, 20 km por pedal. No início, os pedais eram apenas aos sábados, mas hoje quase que diariamente há um grupo pedalando. Já chegamos a ter quatro grupos em horários diferentes em apenas em um dia”.

No final de novembro, o grupo criou um perfil no Instagram denominado @pedaldasbunita. Por meio deste canal, muitas mulheres chamam pedido como faz para participar do grupo. A resposta é: ter uma bicicleta, um capacete, sinalizadores e vontade já é o suficiente.

O “Pedal das Bunita” também participa de pedais de outros grupos como o “Ciclistas Lageanos”, que o incentiva e apoia. “Muitas vezes, por estarmos somente mulheres, para irmos ao interior ou nas cachoeiras é importante estar em grupos maiores até mesmo para nossa segurança. E sempre prezamos por isso!!!”

Fica o convite a toda mulherada para fazer parte do grupo: “Venham pedalar com as Bunita! Acessem nosso perfil no Instagram e nos mande uma mensagem no direct!”.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!