Em Capão Alto, famílias vivem sem água encanada e vereadores cobram uma solução imediata da Casan

Os vereadores capãoaltenses Emilson Soares Freitas, João Tomazoni e Miguel Pereira tiveram uma reunião com o chefe da Casan em Otacílio Costa, com o objetivo de resolver a dramática situação de 15 a 20 famílias que não têm acesso à água encanada em Capão Alto. Eles cobraram providências no sentido de atender a estas famílias, que moram nas proximidades do Cemitério Municipal, às margens da SC-390.

Os parlamentares destacaram que, durante a reunião, foram informados de que a Casan já tem um projeto para atender a estas famílias, no entanto, ainda é preciso elaborar um projeto para ser encaminhado ao Deinfra, responsável pelas rodovias estaduais, solicitando autorização para intervenções na área de domínio da rodovia. Isso quer dizer que, por conta de questões burocráticas, vai demorar a chegar água encanada na torneira destas famílias.

Enquanto o projeto da Casan não sai do papel, os vereadores defendem que a solução é a Prefeitura local instalar uma caixa de água para abastecer os moradores. Pela proposta, a Casan ficaria responsável por levar a água da caixa até as casas. Essa medida precisa ser executada urgentemente, já que as famílias estão sofrendo com a falta de água.

O que chamou atenção é que, durante a reunião, o chefe da Casan chegou a dizer aos vereadores que “não sabia” do problema dos moradores, uma resposta que chega a ser vergonhosa. É muito difícil acreditar que a estatal não tenha tido conhecimento da situação dessas famílias capãoaltenses, que sofrem com a falta de água encanada há anos. A hipótese provável é que a estatal não teve interesse em resolver os problemas dos moradores. Vergonhoso!!

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!