morauto_export Moto-Center-Bike_aprovado lages_jasc_blog_700x100px
camaralages_export
Participe pelo nosso WhatsApp

(49) 9 9119-9209

Hora local

A casa está localizada na rua Moisés Furtado n° 155, no Centro, próximo à APAE

Prefeitura-cria-abrigo-temporrio-para-populaco-de-rua-se-proteger-do-frio-5Com o propósito de ampliar ainda mais os espaços para a população em situação de rua se proteger nos dias de frio mais intenso, a Secretaria de Assistência Social e Habitação instalou, nesta segunda-feira (17), um abrigo temporário. Trata-se de um Serviço de Proteção à Situação de Emergência, destinado a homens e mulheres moradores de rua ou migrantes.Esse acolhimento funcionará pelos próximos dois meses no horário as 18h às 8h, em uma casa na rua Moisés Furtado n° 155, no Centro, próximo à APAE. Além do pernoite em cama individual, com colchão e cobertores, o local oferece refeições, roupas e instalações para banho.“Os motivos que me levaram a morar na rua são inúmeros. Às vezes durmo na casa de um conhecido, às vezes na rodoviária, mas a parte mais difícil é conviver com o preconceito. A discriminação dói tanto quanto sentir frio”, relata Ronaldo Antunes Rodrigues, de 30 anos. Ele, que mora na rua desde 2011, e já frequenta o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), foi um dos primeiros a chegar ao abrigo no início da noite desta segunda.Para realizar o trabalho de acolhimento do máximo de pessoas vulneráveis, a Secretaria de Assistência Social e Habitação contará com o apoio da Defesa Civil e da Polícia Militar. Técnicos realizarão a abordagem, que consiste na identificação, aproximação, escuta e encaminhamento das pessoas que aceitarem o acolhimento.  A Secretaria de Saúde também dará suporte aos procedimentos que se fizerem necessários.

Prefeitura-cria-abrigo-temporrio-para-populaco-de-rua-se-proteger-do-frioCentro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) Acolhimento Pop

Além da casa que funcionará como abrigo, exclusivamente durante o período da noite, a prefeitura também dispõe do Centro Pop, que atende durante o dia pessoas em situação de risco e até migrantes de passagem pela cidade, fornecendo refeições, atendimento psicossocial e outras atividades. 

Acolhimento Pop

Já o Acolhimento Pop funciona como um abrigo institucional, por um período maior de tempo, para indivíduos e famílias, também em situação de risco.  “Esses serviços já desempenham um papel muito importante durante o ano, mas entendemos que o período do inverno requer uma atenção maior por parte do poder público”, explica Samuel Ramos, secretário da Assistência Social e Habitação.Sua atitude pode salvar uma vida. Encontrou alguém dormindo na rua com baixa temperatura, ligue para o Serviço Especializado de Abordagem Social e informe o local. Os telefones úteis são: 98406-2980 (Defesa Civil) e 98406-4037 e 99921-1125 (Abordagem Social)

Fotos: Marcelo Pakinha / Ary Barbosa