morauto_export fhortec_export vivaserrajatir WhatsApp-Image-2017-08-11-at-4.36.32-PM
camaralages_export
Participe pelo nosso WhatsApp

(49) 9 9119-9209

Hora local

WhatsApp-Image-2017-08-03-at-161141Policiais da Divisão de Investigação Criminal de Lages(DIC), equipe do delegado Sergio Roberto em apoio a turma da DEIC, prenderam na tarde desta quinta,03, um elemento conhecido como disciplina geral do PGC da capital, e uma mulher que auxiliava o meliante nas ações cavernosas(crimes). Segundo a Polícia, Diego Ramos Gomes, de 32 anos, vulgo Bi-Red, cheio de rolos e broncas, líder da organização criminosa em Florianópolis, estava escondido em Lages, e morava no bairro Coral. A DEIC, passou informações para a DIC, que descobriu o paradeiro do beleza, e durante essa tarde, a Polícia estava indo pra casa do elemento realizar a prisão, e cruzaram com ele na Avenida Presidente Vargas, aonde rolou a abordagem. Diego e Patrícia Amaral da Silva, de 28 anos, ao se ligar que era a polícia, imediatamente trataram de quebrar seus celulares para que a polícia não descobrisse informações sobre a facção, e se desfazer de documentos falsos. O disciplina estava num carrão Ford placas FGK-8455 de São José, e possuía documentos falsos, e uma bucha de cocaína, na casa em que tinham alugado, foi encontrado alguns comprimidos de Ecstasy. Após as diligências os meliantes foram encaminhados à DIC, e após removidos a DEIC, porém a posse de documentos falsos, e droga, eles vão responder em Lages. Natural de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, Diego estava foragido desde a Operação Xeque-Mate da Deic, quando várias armas foram apreendidas na casa dele como fuzil Ak 47, pistolas, munições e anotações da organização criminosa. Ele iria fugir para o Rio de Janeiro nessa noite, mas pegamos antes. É líder de facção e estava na chacina da Costeira - disse o delegado Antônio Seixas Cláudio Joca, da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (Draco).

WhatsApp-Image-2017-08-03-at-161140

WhatsApp-Image-2017-08-03-at-1611

.be