morauto_export fhortec_export vivaserrajatir WhatsApp-Image-2017-08-11-at-4.36.32-PM
camaralages_export
Participe pelo nosso WhatsApp

(49) 9 9119-9209

Hora local

 Camara-de-Lages-presta-reverencias-ao-novo-superintendente-da-PRF-1-1            A primeira reunião deliberativa do segundo semestre da Câmara de Lages também foi palco da homenagem do Poder Legislativo ao novo superintendente da Polícia Rodoviária Federal em Santa Catarina, Carlos Magno da Cruz Junior. Os vereadores Gerson Omar dos Santos e Aida Hoffer (ambos do PSD) foram os autores da moção legislativa 172/2017, de congratulações e aplausos ao feito.
            Carlos Magno é o terceiro lageano a assumir o posto, outrora ocupado por Luiz Ademar Paes e Luiz Carlos Padilha. Ele está na PRF desde 1994, atuando de maneira louvável no patrulhamento das BR’s 116, 282 e 470, numa área que abrange 394 quilômetros na região da Serra Catarinense. Nos mais de 20 anos de serviço, Magno participou de diversas operações no combate a criminalidade, de fiscalização e educação no trânsito, desde aos motoristas mais experientes até aos futuros condutores que hoje estão no ensino fundamental nas escolas da região.
 “É um orgulho para nós termos uma pessoa que se dedicou tanto a uma corporação, por 23 anos, um lageano, uma pessoa que a gente vê sempre, que vai estar na rádio falando sobre trânsito, alguém que sempre esteve presente nas audiências públicas que tratavam da segurança dos lageanos. (...) Tenho certeza que nas mãos do Magno nós vamos ouvir falar ainda mais bem da Polícia Rodoviária Federal. Desejo a você muita sorte e que os olhos de Deus estejam virados para as suas mãos para que possa conduzir a PRF a salvar muitas vidas a mais do que já faz hoje”, disse o vereador Gerson.
 
Homenageado faz alusão aos colegas e ao papel que cada um deve exercer para uma sociedade melhor

Camara-de-Lages-presta-reverencias-ao-novo-superintendente-da-PRF-3-1 
 O novo superintendente da PRF no estado recebeu com satisfação a homenagem, a qual estendeu a todos os policiais rodoviários federais de Santa Catarina, principalmente aos colegas da delegacia de Lages. “Aprendi nestes 23 anos, ao longo das horas de plantão, enfrentando chuva e o sol a pino de janeiro, as madrugadas geladas da serra, que somos isso, o que vivemos, o que construímos e, acima de tudo, o que acreditamos ser. Esta é a percepção que tenho de cada um dos policias rodoviários federais que patrulham diuturnamente nossas rodovias, velando a nossa segurança e de pessoas que sequer conhecem, sabedores que a própria satisfação pessoal e profissional passa obrigatoriamente pelo agradecimento sincero das pessoas que você ajuda sem segundas intenções, pelo abraço puro de uma criança que o tem como herói, por saber que a sua presença ali na estrada está coibindo o mal, está ajudando e protegendo a vida”, discursou.
Ele também destacou a união e a cooperação entre as instituições. “Quando uma Casa Legislativa convida uma instituição policial para interagir, se mostra a frente de seu tempo, disposta a quebrar paradigmas de duas instituições tão assoladas pela nossa sociedade. Boas práticas e as pessoas honradas e éticas devem estar acima das maculas geradas por pessoas indignas de vestir o hábito de servidor público. Vejo aqui pessoas imbuídas em fazer algo a mais pela sociedade, que vão além, que querem algo a mais, não para si, mas para a sociedade onde estão inseridos. (...) Cada um de nós é parte desta engrenagem chamada sociedade e todos nós, independente do que hoje somos ou do cargo que ocupamos, devemos fazer a nossa parte, olhando em prol do coletivo, porque somente desta forma a gente vai conseguir uma sociedade feliz, justa e mais humanizada”, finalizou Carlos Magno Junior.