morauto_export fhortec_export vivaserrajatir
camaralages_export
Participe pelo nosso WhatsApp

(49) 9 9119-9209

Hora local

Serão contemplados apenas aqueles que comprovadamente foram atingidos pela enchente

Caixa-dever-liberar-o-FGTS-as-famlias-atingidas-pela-enchente-1Importante reunião para discutir a questão foi realizada na tarde desta quarta-feira (12), na Prefeitura. O ponto chave definido é de que só poderão sacar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), as famílias que comprovadamente foram atingidas pela enchente, e residentes no local atingido há pelo menos 90 dias do evento. A Defesa Civil já tem o cadastro prévio de 1.608 unidades residenciais afetadas, porém, o quantitativo final depende ainda de um completo processamento. Nesse caso, o número dos beneficiados poderá ser ampliado. Haverá tempo para a recepção de novos documentos que comprovem que a residência também fora atingida pela enchente, ocorrida entre o final de maio e início de junho, em Lages. O valor do saque está limitado em R$ 6.200,00 por cada conta do FGTS.

Os representantes da Caixa Econômica Federal garantiram que vão trabalhar nos encaminhamentos de forma ágil. Por outro lado, o benefício aos atingidos só foi possível porque o Município teve a habilitação do Decreto de Situação de Emergência publicada no Diário Oficial, no último dia 26 de junho. A contar dessa data, o Caixa tem até 90 dias para efetuar a liberação dos valores do FGTS. A listagem dos contemplados, e o dia e o local a ser efetivado processo, serão divulgados previamente.

Participaram da reunião o prefeito AntonioCeron, o secretário de Assistência Social e Habitação, Samuel Ramos, o secretário de Administração e Fazenda, Antonio Arruda, representando a Defesa Civil, Marcelo Airton de Oliveira, e, de parte da Caixa Econômica Federal estiveram o gerente regional de Atendimento e Canais, Reginaldo Manenti, do gerente regional de Governos e Municípios, Nelson de Souza, o gerente estadual do FGTS, Marcelo Boing, gerente da Agência de Lages, Luiz Antônio Pacheco de Andrade, e o gerente de atendimento da Agência de Lages, Guilherme Broering.

Fotos: Greik Pacheco