morauto_export fhortec_export vivaserrajatir WhatsApp-Image-2017-08-11-at-4.36.32-PM
camaralages_export
Participe pelo nosso WhatsApp

(49) 9 9119-9209

Hora local

Entidades-representativas-e-empresrios-se-unem-para-o-fortalecimento-do-setor-gastronomico-em-Lages Uma parceria entre a Câmara de Dirigentes Lojistas de Lages (CDL), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SC) e Associação Empresarial de Lages (ACIL), pretende unir esforços no sentido de fortalecer o segmento gastronômico em Lages.

Entidades-representativas-e-empresrios-se-unem-para-o-fortalecimento-do-setor-gastronomico-em-Lages-1 Na sexta-feira, (11), uma primeira reunião foi realizada com empresários com o objetivo de promover uma articulação onde juntos, entidades e empresários unam esforços para o desenvolvimento do setor.Durante o encontro entre as empresas pioneiras deste movimento, já foi possível identificar diversas questões que nortearão ações em curto e longo prazo. A primeira definição feita foi a de formalização do grupo de discussão e ação, o Núcleo Gastronômico de Lages. O núcleo iniciará trazendo profissionais que darão orientações para capacitação do segmento, nos mais diversos temas. Atuará ainda, no estudo de viabilidade de eventos e ações, materiais e na aproximação e relacionamento com órgãos como os sindicatos, vigilância sanitária, bombeiros e fornecedores, assim como com a divulgação do potencial gastronômico existente. Para a presidente da CDL, Rosani Pocai,  este é um marco importante, tanto pela união das entidades CDL, Sebrae e Acil, quanto pela vontade percebida nos empresários que aceitaram o convite e estiveram no encontro. “O diferencial que a gastronomia de Lages possui é reconhecido por todos e a união dos empreendimentos capitaneados por entidades fortes fará que isso se amplie ainda mais”, afirma.Como próximos passos o grupo definiu a agenda e a pauta do segundo encontro, que contará com orientações e esclarecimento sobre a nova legislação trabalhista e sua implicação no segmento. Vale ressaltar que o Núcleo está aberto e deseja aumentar o número de empreendimentos participantes. A ação é gratuita, apenas o investimento intelectual é necessário para o fortalecimento do movimento.
 
Foto: Claine Andrade