anunciomorauto
gsovos Agua Mineral EMP

Idoso morre no hospital após ser atropelado por S-10, e condutor fugir

20170320_090728.jpg

O senhor Alcione Ribeiro de Ataíde, de 71 anos, uma pessoa bem querida na comunidade do bairro Popular, morreu na manhã desta segunda-feira,20, no hospital Nossa Senhora dos Prazeres, vítima de acidente de trânsito. De acordo com informações apuradas no local, Alcione foi atropelado por uma caminhonete S-10 de cor prata, cujo condutor fugiu do local sem prestar socorro ao idoso, que foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para emergência do HNSP, não resistindo as gravidades.

Barraco construído em propriedade particular é incendiado

Um barraco construído em um terreno particular, pegou fogo por volta das 13h20min da tarde desta segunda-feira, 20, no bairro da Várzea em frente ao Condomínio Gralha Azul.

DSC_1867.jpg

O Corpo de Bombeiros foi acionado por populares, o local de difícil acesso para os caminhões, quando chegaram o barraco estava totalmente destruído. O proprietário do local, não se encontrava no local, populares disseram que ele estava trabalhando. Existe uma suspeita que o incendeio seja criminoso. Meses atrás um outro barraco, no mesmo local, foi incendiado. A Polícia deve investigar o caso para saber se realmente foi criminoso.

DSC_1870.jpg

Foragido corre da ROCAM e volta pro xilindró

WhatsApp_Image_2017_03_18_at_10.20.43.jpeg
Uma equipe de motociclistas da ROCAM/PM, em rondas pelo bairro Triângulo, exatamente na Rua José Formolo, se deparou com o velho conhecido, o tal, Márcio Padilha Fraga, de 39 anos, em frente sua residência, o cara ao ver a Polícia, deitou cabelo para dentro da casa, os home da ROCAM foram atrás.
Márcio, estava foragido desde o dia 7 de agosto de 2016, quando ganhou uma regalia da justa, e por conta própria o beleza, não retornou mais. O vivente ficava entocado durante o dia e saia a noite. Preso, retornou ao cadeião.

Permissão para que os pais presenciem as consultas de seus filhos é sugerida ao Hospital Infantil

Permiss__o_para_que_os_pais_presenciem_as_consultas_de_seus_filhos_1.jpg

No requerimento 018/2017, aprovado por unanimidade na Câmara de Lages, o vereador Jean Pierre Ezequiel (PSD) solicita que a direção do Hospital Infantil Seara do Bem autorize o ingresso conjunto de pai e mãe durante a realização de consultas e/ou procedimentos realizados em seus filhos nas dependências da instituição hospitalar. O documento foi encaminhado ao diretor Eder Alexandre Gonçalves.

A medida possibilita que os pais acompanhem de perto o ato e as informações repassadas pelo profissional quando a criança é submetida a qualquer procedimento hospitalar (consultas). A presença dos pais, segundo a proposta de Jean Pierre, também garantiria maior exatidão na descrição das características da criança e confortos aos pequenos, que invariavelmente se encontram desconfortáveis no momento do atendimento.

Edição 2017 dos Jocol é declarada oficialmente aberta

O governador Raimundo Colombo também prestigiou a abertura dos Jocol e salientou a importância em Lages sediar os Jogos Abertos deste ano

Abertura_Jocol.jpg

Os Jogos Comunitários de Lages (Jocol), edição 2017 foram declarados abertos em evento realizado no ginásio Jones Minosso, na noite deste sábado (18). Além da participação do prefeito Antonio Ceron e do vice, Juliano Polese, a deputada federal Carmen Zanotto e o governador Raimundo Colombo, entre outras autoridades, também prestigiaram a solenidade. As 98 delegações representadas pelos dirigentes desfilaram, uma a uma e acompanharam os momentos que culminaram com a abertura dos jogos. Os atletas se dirigiram às arquibancadas. A solenidade, que contou, inclusive, com apresentações de grupos artísticos.Durante quatro décadas, os Jogos Comunitários de Lages, vêm atuando positivamente na construção da sociedade. Ao longo dos anos, os Jocol atribuem conceitos e agregam valores ao esporte local. Com o passar do tempo, a formação técnica e nominal da competição tem evoluído, oferecendo uma melhor valorização esportiva aos participantes. Os Jogos Comunitários de Lages que começaram em 1975 tornaram-se a maior competição amadora do Sul do Brasil, com a participação de mais de 7 mil atletas, em 24 modalidades. A competição deste ano, começou efetivamente no último dia 12 com a realização da rústica, cuja premiação geral foi entregue também na noite de abertura.

Abertura_Jocol1.jpg

Homenagem

O cerimonial foi marcado com a homenagem a três pessoas que emprestaram seus nomes aos troféus de 1º, 2º, e 3º lugares. Respectivamente Andreia dos Santos (Maicon); Eduardo Antunes de Castro, e Dr. Clóvis Arruda Vieira. Todos os três receberam placas de honra ao mérito.  A Maicon é considerada a maior atleta lageana. Foi uma das principais jogadoras de futebol da Seleção Brasileira. Teve diversas participações olímpicas e campeonatos mundiais, tanto pela Seleção, quanto pelos 15 clubes em que passou.  Eduardo Antunes de Castro foi símbolo da garra do Inter de Lages no vice-campeonato de 1974. O zagueiro que mais demonstrou raça história do Clube. Eduardo começou no futebol na equipe do Juventude, do Morro do Posto.·         Dr. Clóvis Arruda filho é especialista em cirurgia de coluna vertebral pela Universidade de Bordeaux – França, além de membro de várias sociedades ligadas à ortopedia e à traumatologia. Ele é ex-médico do Clube Atlético de Lages e atual médico ortopedista do Internacional de Lages. Atua também como atleta da equipe de Tiro ao Prato, do Clube Caça e Tiro.

Abertura_Jocol5.jpg

Pira Olímpica e juramento

Para simbolizar a chama dos Jocol, a integração e a coletividade das equipes, três atletas foram destacados para compor o acendimento da Pira Olímpica. O professor de educação física da Apae, Fabrício Ribeiro Matos foi o primeiro a conduzir a tocha. Em seguida repassou para o representante dos atletas da terceira idade, o Sr. Hélio Lenor Kock, conhecido como Tio Hélio. Por fim, o representante do paradesporto, Sr. Antonio Clodoaldo de Souza Chaves (Caio) também carregou a tocha até à Pira. O professor Fabrício oficializou o acendimento. O juramento foi proferido pelo atleta Cláudio Ricardo Arruda, que é também presidente do Ouro Verde F. C.

Mensagem das autoridades

O primeiro a deixar a mensagem foi o governador Raimundo Colombo, tão logo as formalidades iniciaram, pois, ele precisava cumprir outro compromisso. Portanto, teria que se ausentar. Em poucas palavras ele destacou que a organização dos Jogos Comunitários é uma das tarefas mais difíceis de realizar. Mas alcança o sucesso se tudo for feito com dedicação e amor. Cumprimentou os dirigentes e atletas e ressaltou a importância de Lages poder sediar os Jogos Abertos deste ano.

O superintendente Nilson Cruz ressaltou o quanto é difícil fazer o esporte. Lembrou que muitos dirigentes e atletas tiram dinheiro do próprio bolso para manter as equipes e o prazer de participar da competição. “Vou doar meu coração pelo Jocol se for preciso, pois, já estive no outro lado como atleta e dirigente, e sei o quanto tudo é importante participar”, salientou. Já a deputada Carmen Zanotto resumiu dizendo que os jogos representam um momento em que o esporte agrega os bairros e as comunidades.

“Cumprimento às equipes e os atletas. Tenho certeza que vocês fazem parte de uma competição da melhor qualidade”, salientou o prefeito Antonio Ceron, tão logo começou a falar. Ressaltou que desde o princípio, os jogos perduram e cada vez com maior participação da comunidade. Lembrou a valorização da categoria do parajocol deste ano, além da participação também da mulher, através do futsal feminino, e das crianças no futebol sete. Além do esporte, afirmou que cultura e o empreendedorismo também envolvem as pessoas cada vez mais, e a cada dia, devem oportunizar a juventude, para quem sabe transformá-la, não em artistas ou grandes atletas, mas sim, ensiná-la a ser homens e mulheres de bem. “Tenho certeza de que os jogos terão os mesmos êxitos dos anos anteriores”, concluiu.

Palavra do patrocinador

O grande patrocinador dos Jocol 2017, os Supermercados Myatã ressaltou a enorme satisfação em apoiar o esporte comunitário lageano. A empresa inaugurou a primeira loja em 1968. A origem do nome vem do idioma Tupi, e significa fortaleza, firmeza, persistência. O Myatã chegou a Lages em 1976 e hoje conta com nove lojas. Além da preocupação do bem estar dos colaboradores atua sempre na excelência do serviços prestados aos clientes.

 

 

Caça e Tiro é o campeão da 3ª Copa Kibola de Futsal

1__2_.JPG

O Clube Caça e Tiro conquistou a terceira edição da Copa Kibola de Futsal. A equipe treinada por Adriano Gonzatto, o Tio Nanas, derrotou a Fazenda Ronda/Distribuidora de Bebidas Tio Dú por 2x0 na grande final, na noite de sexta-feira (17), e ganhou a competição pela primeira vez. O Caça e Tiro jogou sete partidas, venceu cinco, empatou uma e perdeu uma. Marcou 27 gols e sofreu 15.

O time teve algumas dificuldades na primeira fase, quando perdeu para o Inter Futsal (2x5), empatou com o Marcelino Construções (4x4), e só venceu o Emplacador (8x3). Mas a equipe cresceu na fase mata-mata, derrotando o campeão de 2016, Odontoplus (3x1), nas oitavas de final; goleando o Frei Rogério (5x2), nas quartas de final; vencendo a Vancar (3x1), nas semifinais; e desbancando a invicta Fazenda Ronda/Distribuidora de Bebidas Tio Dú (2x0), na grande final.

O presidente do Caça e Tiro, Rogério Sartor, diz que o título coroa um trabalho feito com seriedade no dia a dia. “É uma vitória de todos que acreditam e batalham pelo esporte dentro do clube”, comemora.

Campanha vitoriosa do Caça e Tiro na 3ª Copa Kibola de Futsal

Primeira Fase

-Caça e Tiro 2x5 Inter Futsal

-Caça e Tiro 4x4 Marcelinho Construções

-Caça e Tiro 8x3 Emplacador

Oitavas de Final

-Caça e Tiro 3x1 Odontoplus

Quartas de Final

-Caça e Tiro 5x2 Frei Rogério

Semifinal

-Caça e Tiro 3x0 Vancar

Final

-Caça e Tiro 2x0 Fazenda Ronda/Distribuidora de Bebidas Tio Dú

Defesa Civil: um trabalho contínuo, 24 horas por dia, em prol da comunidade

Os números da Defesa Civil são 199, 3222-9661 e 8406-4037

Defesa_Civil_um_trabalho_cont__nuo__24_horas_por_dia__em_prol_da_comunidade__1_.jpg

   Em Lages existem 14 mil famílias moradoras de áreas de risco. Na maioria das vezes a ocupação irregular ocorre em áreas de encostas ou ribeirinhas que estão naturalmente sujeitas a deslizamentos ou alagamentos. Além de colocar a vida dos próprios moradores em risco, a ocupação irregular afeta toda a população da cidade, aumentando problemas de segurança, saúde, transporte, meio ambiente, educação e moradia, entre outros.  

   De acordo com a Defesa Civil, é natural que o homem ocupe espaços para sua sobrevivência. Porém, isto deve ser feito de modo consciente e planejado, para que sejam evitadas as perdas humanas e haver prejuízos materiais, já que as dinâmicas naturais apenas se transformam em desastres quando há o desrespeito por parte dos seres humanos em suas ações, mesmo que de modo inconsciente.

   De acordo com o secretário-executivo de Defesa Civil, Jean Felipe Silva de Souza, em suas atribuições estabelecidas pela Lei 12.608, de 10 de abril de 2012, a Defesa Civil age no sentido de mitigar e prevenir novos acidentes, através de intervenções como interdição de novas construções em áreas inadequadas, orientação à população local sobre o risco ao qual está exposta, conscientização e, fundamentalmente, formando agentes comunitários que visam oferecer capacitação e informação acerca de como reduzir ou eliminar ações que alteram negativamente o equilíbrio do meio físico. “Em resumo, este é o papel fundamental da Defesa Civil: estar atenta a todas as possibilidades de acidentes, conhecê-los e identificá-los. O detalhamento destes riscos ambientais urbanos - áreas sujeitas a enchentes, deslizamentos, desabamentos, rotas de produtos químicos, incêndios florestais, desmatamentos, entre outros, propicia uma teia de informações que nos permite ter uma visão abrangente da cidade”, respalda Jean, enfático: “A nossa missão como Defesa Civil é trabalhar na antecipação, na prevenção, na preparação, resposta e reconstituição frente a emergências e desastres, socorrendo e assistindo à população, visando sempre restabelecer o bem estar em prol do maior bem comum: a vida. E para isto estamos atentos e de plantão 24 horas.”

Termos de Cessão de Uso Especial

   Como requisitos exige-se que o morador não possua outro imóvel urbano ou rural e que utilize o imóvel público para moradia sua ou de sua família, por mais de cinco anos pacífica e ininterruptamente. A competência da análise e fornecimento de concessão de uso especial é da Secretaria de Planejamento e Obras, conforme aponta a Defesa Civil.   Nas situações de pessoas idosas, doentes, deficientes, famílias em que a mão é a provedora, a Defesa Civil avaliará a situação da suscetibilidade e vulnerabilidade a riscos à vida e ao patrimônio, e encaminhará o caso para apreciação da Secretaria da Assistência Social e Habitação.

O que são “áreas verdes”?

   De acordo com o artigo 8º, § 1º, da Resolução Conama número 369/2006, considera-se área verde de domínio público, “o espaço de domínio público que desempenhe função ecológica, paisagística e recreativa, propiciando a melhoria da qualidade estética, funcional e ambiental da cidade, sendo dotado de vegetação e espaços livres de impermeabilização.”   As áreas verdes urbanas são consideradas o conjunto de áreas intraurbanas que apresentam cobertura vegetal, arbórea (nativa e introduzida), arbustiva ou rasteira (gramíneas) e que contribuem de modo significativo para a qualidade de vida e o equilíbrio ambiental nas cidades. Estas áreas verdes estão presentes numa enorme variedade de situações: em áreas públicas; em Áreas de Preservação Permanente (APPs); nos canteiros centrais; nas praças, parques, florestas e unidades de conservação (UC) urbanas; nos jardins institucionais, e nos terrenos públicos não edificados.

Interdições

   A Defesa Civil tem interditado locais devido ao surgimento de evidências ou indícios de risco iminente de acidentes, novos ou por agravamento, por conta de deslizamentos de terra, alagamentos, inundações, incêndios, desabamentos, explosão, vendaval, vazamentos, colisões e deficiência estrutural, entre outros. O cidadão percebe ou entende quando existe uma situação de risco.   A pessoa telefona para a Defesa Civil através dos números 199, 3222-9661 ou 8406-4037 (plantão), relata a situação e solicita orientação ou uma vistoria. O atendente analisa o caso, registra os dados necessários, quando o sinistro requer uma vistoria, informa ou comunica uma previsão de data para a visita e fornece um número de protocolo de atendimento. É realizada uma vistoria, preferencialmente com acompanhamento do solicitante.   A Defesa Civil verifica a situação e, conforme o caso, orienta-se quanto a providências possíveis ou necessárias. Caso haja risco de acidente ou desastre, se faz a “interdição” de uso de onde for preciso.O atendimento, orientação ou interdição são formalizados através do Registro de Atendimento, do Auto de Orientação ou do Auto de Interdição. A Defesa Civil registra todo o atendimento, por intermédio de fotografias e anotações; elabora o Relatório de Vistoria, faz encaminhamentos quando necessário, e arquiva todas as informações do caso, por tempo indeterminado.

Profissionais do Cerest e HNSP se reúnem para discutir plano de ação referente a acidentes do trabalho

O Cerest está localizado na rua Waltyer Dachs, 187, Centro, próximo ao colégio Santa Rosa de Lima. Contato: 3251-7970

Profissionais_do_Cerest_e_Hospital_Nossa_Senhora_dos_Prazeres_se_re__nem_para_discutir_futuro_plano_de_a____o_referente_a_acidentes_do_trabalho.jpg

    Nesta sexta-feira (17), foi realizada uma reunião entre profissionais do Centro de Referência de Saúde do Trabalhador (Cerest), entre eles, o gerente do órgão de proteção à saúde e segurança do trabalhador, Emerson da Silva, e o administrador do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres (HNSP), Fabio Lage. O hospital recebe grande parte das vítimas de acidentes do trabalho ocorridos não somente em Lages, mas em outros municípios da Serra Catarinense. O Cerest tem atuação de competência em toda a Serra.   O objetivo do encontro foi a troca de informações sobre as entradas de registro de acidentes de trabalho para que o Cerest as utilize com o propósito de levantamento de dados e para poder ser elaborado um plano de ação de prevenção. “O Cerest realiza um trabalho preventivo e educativo, além de visitas e atuação junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT) e Vigilância Sanitária”, reforça Emerson da Silva. O Cerest está localizado na rua Waltyer Dachs, 187, Centro, próximo ao colégio Santa Rosa de Lima. Contato: 3251-7970.

Atribuições

   O Cerest consiste em um órgão do Sistema Único de Saúde (SUS) e possui convênio com a Secretaria Municipal da Saúde. Atua em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT), sindicatos e Conselho Municipal da Saúde de Lages. O Centro de Referência tem por finalidade identificar, eliminar ou minimizar os riscos existentes nos ambientes de trabalho. Atua por intermédio do levantamento de dados, sistematização de informações em saúde, inspeção nos ambientes de trabalho e articula a assistência à saúde para portadores de agravos e doenças relacionadas.

Problemas

   Os problemas vinculados à execução de movimentos repetitivos diários (Lesões por Esforço Repetitivo - LER) fazem parte da lista de grande parte dos acidentes - ferimentos no punho e mão, fraturas, luxações, amputações, lesões, traumatismos, lesões no ombro e outros. Acidentes típicos e de trajeto também aparecem na lista de atendimentos/queixas/denúncias/notificações do Cerest. Assédio moral e sexual, e violência organizacional também são formas de adoecimento do trabalhador, bem como transtornos mentais e comportamentais, como episódios depressivos, de estresse e ansiedade são problemas comuns.

Três ambulâncias são requeridas ao Governo do Estado

Três ambulâncias são requeridas ao Governo do Estado 2_1.JPG

A aquisição de três ambulâncias por parte do Governo do Estado para serem doadas à Secretária de Saúde de Lages é o que propõe o vereador Gerson Omar dos Santos (PSD) no requerimento 014/17. A matéria foi encaminhada ao governador Raimundo Colombo (PSD), ao secretário estadual da Saúde, Vicente Caropreso, e ao secretário de Desenvolvimento Regional em Lages, João Alberto Duarte. 

Gerson justifica o pedido ao argumentar que as três ambulâncias a serviço da Saúde em Lages apresentam vários defeitos de ordem mecânica por estarem em uso frequente a mais de quatro anos. Tais problemas geram atrasos e comprometem o atendimento à população. Lages tem uma população estimada de 158.620 habitantes, o que naturalmente ocasiona uma grande demanda de ocorrências neste sentido por parte do sistema de saúde municipal.

Câmara homenageia os 50 anos de história da EEB Vidal Ramos Junior

Camara_16mar__9___Large_.jpg

Uma sessão solene, em homenagem aos 50 anos da Escola de Educação Básica Vidal Ramos Junior, marcou a noite de quinta-feira (16), na Câmara de Vereadores. Uma placa comemorativa foi entregue, à diretora da escola, Nereida de Cassia Andrade, diante do plenário cheio de professores, pais, alunos e da comunidade que esteve presente para parabenizar a escola pela passagem do cinquentenário. A professora Dirce Mieko, que atua na escola desde 1990, também foi homenageada e recebeu flores.

O vereador Lucas Neves (PP), proponente da sessão, foi aluno desse educandário por cinco anos e relembrou alguns momentos que marcaram a sua trajetória estudantil. “Foi lá que através do incentivo dos professores iniciei a minha jornada focada na liderança. Na época existia um projeto, chamado de “Escola de Governo”, foi através dessa oportunidade é que passei a gostar de política. Tenho muito a agradecer e deixar aqui minha homenagem de carinho por todos os profissionais que ajudam a construir diariamente essa história de sucesso”, disse o vereador.

A Câmara Municipal parabeniza a instituição e destaca a importância dessa escola que já formou mais de 100 mil alunos. “Com certeza são os profissionais dessa escola que através do amor pela educação transformam a vida dos alunos e os tornam pessoas melhores e capazes de se destacar no mundo. A escola tem nas mãos o maior tesouro do Brasil, os nossos brasileirinhos”, salienta a presidente da Câmara Aida Hoffer (PSD). 

 

Kloppel 1 simprol Posto  Grazziotin aaaa AkeXCmBWpLMVd3pE9p3HDS3M4fMUk6hf1RCfPsLJzXgu
an_fish 11112 Moto Center Bike_aprovado 2 beto WhatsApp Image 2017-02-18 at 14.16.12 1
Discbal_Baterias WhatsApp Image 2016-08-05 at 16.18.01 1 WhatsApp Image 2016-12-15 at 15.03.16
aeroar Luciano motos Super gas nevaturvertical

TELEFONES ÚTEIS

  • Água - SEMASA
    115 / 3224-4855
  • Bombeiros
    193
  • Delegacia Regional de Polícia - Lages
    3289-8200
  • Hospital Infantil Seara do Bem
    3251-7700
  • Hospital N. S. dos Prazeres
    3221-6400
  • Hospital Tereza Ramos
    3251-0022
  • Polícia Militar
    190
  • SAMU
    192
GUINCHO 1 Guaruaja

PREVISÃO DO TEMPO

CONTADOR

9038063
Hoje
Ontem
Essa Semana
Última Semana
Esse mês
Último Mes
Todos os Dias
2696
6960
9656
7633709
117655
436084
9038063

IP: 10.15.68.19
Server Time: 2017-04-24 15:56:34
postosam