morauto_export Moto-Center-Bike_aprovado lages_jasc_blog_700x100px
camaralages_export
Participe pelo nosso WhatsApp

(49) 9 9119-9209

Hora local

Na estrutura que funciona na rua Cláudio Galeno, no bairro Várzea, serão oferecidos inúmeros cursos gratuitos que devem atender cerca de 500 pessoas

Prefeitura-implanta-Centro-de-Convivencia-na-Vrzea-2Apresentações de dança, música ao vivo e um lanche especial, marcaram a inauguração do Centro de Convivência do Idoso, no bairro da Várzea. A solenidade, que se transformou em grande festa, reuniu cerca de 300 idosos convidados, vindos de casas asilares e grupos da Terceira Idade.“Hoje, dia 10 de outubro, ficará marcada como uma data muito especial e estou muito feliz de compartilhar com vocês este momento. Porque é necessário que o poder público acolha e apoie os idosos,” declarou o prefeito Antonio Ceron, na abertura do evento, que contou também com a presença da primeira dama Salete Ceron, do vice–prefeito Juliano Polese, secretários municipais e vereadores.“É um grande avanço o passo que damos hoje, porque nossa gestão pretende dar uma atenção especial aos idosos,” afirmou Samuel Ramos, secretário de Assistência Social e Habitação, destacando ainda que em breve, o município também irá contar com um Centro Dia do Idoso, que será construído, no bairro Centenário, em parceria com o Governo do Estado.O Centro de Convivência vai funcionar no espaço que pertence ao município, na rua Cláudio Galeno, no bairro Várzea, mas estava cedido para a Associação da Terceira Idade (Alteri), que encerrou as atividades, por conta das restrições impostas pela lei do Marco Regulatório. A presidente da Alteri, Rita Parizoto, que participou da solenidade afirmou que o projeto da prefeitura representa a continuidade dos trabalhos que a entidade realizava.Para a presidente do Conselho Municipal do Idoso, Zilda Furlan Matos, a implantação do centro de convivência representa a concretização de um pedido antigo. “É uma forma de fazer o idoso sair de casa e interagir. Isso melhora a autoestima, a mobilidade e a saúde deles”, destaca Zilda.No local, serão oferecidas inúmeras atividades gratuitamente, realizadas pela Assistência Social e Habitação, em parceria com as secretarias de Educação, Saúde, Desenvolvimento Econômico e Turismo, Agricultura e Fundação Cultural. Entre as atividades que serão oferecidas estão: contação de histórias; pintura e desenho; xadrez; danças (vários ritmos); aulas de canto; trabalhos manuais; curso de cabeleireiro e de maquiagem; artesanato; ginástica (projeto Vida Ativa), horta comunitária do projeto Colheita Feliz; atendimento médico e fisioterapia (parceria com as Universidades).  A previsão é que as inscrições iniciem em 15 dias e ficarão abertas até dezembro. As aulas dos cursos terão início em janeiro, e até esta data serão oferecidas atividades de artesanato e dança de salão. A expectativa é atender cerca de 500 pessoas.

Fotos: Carlos Alberto Becker

Inauguraco-Galeria---Cerro-Negro-4Numa parceria entre Amures, empresa de geração de energia CTG Brasil, prefeitura de Cerro Negro e Associação de Desenvolvimento Microbacias São Roque/Raithz/São José, foi inaugurado na manhã desta terça-feira (10), uma galeria pluvial tripla, que facilitará o tráfego entre aquelas comunidades.
A obra foi o último projeto elaborado pelo engenheiro da Amures Tarcísio Barbosa de Souza, que faleceu em novembro do ano passado vítima de acidente automobilístico. E só foi possível de ser realizada, graças à parceria entre iniciativa pública e privada.

Inauguraco-Galeria---Cerro-Negro-6O prefeito Ademilson Conrado destacou em sua fala, que galeria facilitará o acesso das comunidades porque em períodos de cheia do lago da usina e de muita chuva, a tubulação não comportava a vasão e transbordava sobre a via. “Agora temos outro desafio que será o poço artesiano para abastecer com água de qualidade, esta comunidade”, declarou.
Uma placa de agradecimento foi fixada numa das extremidades da galeria. Além do prefeito, participou da solenidade o vice-prefeito, Adelar José Moraes, o presidente da Associação Microbacias daquelas comunidades Gilson Mocelim, o proprietário do terreno onde foi implantada a galeria, agora pública, Lauro Raithz, representando a Amures o assessor de imprensa Onéris Lopes e a gerente de comunicação da empresa CTG Brasil Salete Dahora, que veio de São Paulo especialmente para a solenidade.
Um coquetel foi oferecido aos convidados e uma nova parceria entre prefeitura, CTG Brasil e Amures foi iniciada conversação. Será de uma casa para recepcionar e comercializar na sede do município, os produtos da agricultura familiar. O projeto deve ser bancado pela Amures, os recursos para aquisição de materiais pela CTG Brasil e execução e terreno pela prefeitura. 

Inauguraco-Galeria---Cerro-Negro-5

Oneris Lopes 
Jornalista (DRT - 4347/SC) - AMURES
Associação dos Municípios da Região Serrana

IMG8900A convite do vice-presidente da Associação Empresarial de Lages – Acil, Juliano Chiodelli, o presidente da Amures prefeito de Otacílio Costa, Luiz Carlos Xavier e a secretária executiva Iraci de Souza apresentaram na noite de segunda-feira, as ações e projetos que a Associação de Municípios vem realizando este ano.
Recepcionados pelo presidente da Acil, o empresário Sadi Montemezzo a apresentação durou cerca de uma hora e serviu para aproximar a relação da iniciativa pública e privada. Luiz Carlos Xavier abriu a fala mostrando a composição da diretoria da Amures e a unidade forte existente entre os prefeitos.
Falou das missão, visão e valores da Amures e apresentou toda estrutura técnica. Mostrou ainda, projetos e ações em áreas como engenharia, movimento econômico, assistência social, turismo, jurídico, informática, comunicação, contábil, assessorias de projetos e sobre os consórcios de Saúde e Serra Catarinense – Cisama.
O que enfatizou o presidente da Amures foi da importância das parcerias pública e privada. “Todas as ações que empreendemos em conjunto, os resultados foram satisfatórios. Como a correção da tabela do transporte escolar, o projeto de isenção das taxas ambientais de exploração das cascalheiras e agora com o Projeto de Lei Estadual que institui a Rota Caminhos da Neve”, citou Luiz Carlos Xavier.
Ele apontou, ainda, o projeto em tramitação na Assembleia Legislativa sobre Manejo Sustentável da Araucária. E listou a permanência de 58 soldados da PM que estão em formação no 6° BPM, que iriam para outra região. Luiz Carlos Xavier agradeceu a oportunidade e disse aos empresários que a Amures e Acil tem aspirações comuns.
Como a duplicação das BRs-116 e 282, a conclusão do Aeroporto Regional de Correia Pinto, a pavimentação de diversas rodovias estaduais, revitalização do Mercado Público de Lages e implantação de serviços de alta complexidade em cardiologia.

Oneris Lopes 
Jornalista (DRT - 4347/SC) - AMURES
Associação dos Municípios da Região Serrana

WhatsApp-Image-2017-10-10-at-144625O presidente da Amures prefeito de Otacílio Costa Luiz Carlos Xavier e a secretária executiva Iraci de Souza participaram em Chapecó nesta terça-feira (10), de reunião da Federação Catarinense de Municípios –  Fecam, com os prefeitos membros do Conselho Executivo, Conselho Fiscal e Conselho Deliberativo. Na pauta dentre outros assuntos, o orçamento do governo federal de 2017 e os atrasos nos repasses na área da Saúde e Assistência Social.

WhatsApp-Image-2017-10-10-at-162116A reunião aconteceu no pavilhão “IV” da Efapi, evento que é considerado uma das maiores feiras de agronegócios de Santa Catarina. Os trabalhos foram conduzidos pela presidente da Fecam prefeita de São José Adeliana Dal Pont. Ela iniciou falando sobre os precatórios e a mobilização no Congresso.
Discutiram também, sobre ações realizadas pelos grupos de trabalho do Colegiado de Executivos (Marco Regulatório, Transparência e Comunicação) e sobre os estudos dos grupos de trabalho do Projeto Eficiência na Arrecadação Tributária, diagnóstico do Valor Adicionado Fiscal e resultado da pesquisa sobre as alterações da Lei do ISS nos municípios.
A devolutiva dessa reunião o presidente da Amures deve repassar aos prefeitos na próxima assembleia agendada para novembro na Festa do Migrante, em Anita Garibaldi.

Oneris Lopes 
Jornalista (DRT - 4347/SC) - AMURES
Associação dos Municípios da Região Serrana

educo-makerO público que visitar a Expolages 2017, entre os dias 12 e 15 de outubro, no parque de exposições Conta Dinheiro, irá se surpreender com as novidades voltadas para a educação do século 21 apresentadas pelo Serviço Social da Indústria (Sesi). No estande da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) haverá o Espaço Educação Maker com a mostra de duas aplicações tecnológicas voltadas para o desenvolvimento de competências linguísticas, matemáticas, científicas e tecnológicas, além das habilidades socioemocionais.Uma delas traz uma experiência interativa em realidade virtual com óculos Rift + Leap Motion. Nesta aplicação o participante poderá, por meio de um quiz, identificar o seu perfil maker num cenário imersivo com diversos elementos que podem ser tocados em 3D.A segunda aplicação ocorre numa mesa interativa. Nela, o usuário selecionará o perfil definido na experiência do óculos Rift e obterá informações sobre a proposta pedagógica para as quatro áreas: matemática, tecnologia e robótica, ciências, comunicação e mídias.

educaco-maker-IISobre os espaços

Os Espaços de Educação Maker contam com inúmeros recursos, dos mais simples aos mais sofisticados, como placas eletrônicas, arduinos, rasperry pi, um computador do tamanho de um cartão de crédito, que se conecta a um monitor, impressoras 3D, kits de robótica, máquinas fotográficas.Neles são integrados ambientes de oficina, games, programação, prototipagem e da palavra que mobilizam atividades vinculadas às áreas do conhecimento e que promovem exploração, pesquisa, construção, experimentação e aprendizado colaborativo e coletivo. A ação favorece o domínio das novas tecnologias entre crianças e jovens de 7 a 18 anos.O Espaço vem com a proposta do “faça você mesmo”, uma cultura moderna que tem em sua base a ideia de que pessoas comuns podem construir, consertar, modificar e fabricar os mais diversos tipos de objetos e projetos com suas próprias mãos.
 

Texto: Catarinas
Fotos: Fiesc