morauto_export WhatsApp-Image-2017-09-05-at-10.23.43 prefa-aok
camaralages_export
Participe pelo nosso WhatsApp

(49) 9 9119-9209

Hora local

Reorganizaco-da-unidade-de-sade-do-Santa-Helena-e-recomendada-em-moco-2A moção legislativa 233/2017, apresentada na segunda-feira (18), recomenda a reorganização da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Santa Helena, assim como o redimensionamento e distribuição das equipes de saúde da família, objetivando atingir o maior número de pessoas com qualidade no atendimento. O pedido direcionado ao Executivo Municipal também sugere a retomada do convênio com a Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), permitindo o acréscimo de médicos residentes no quadro atual da UBS, condicionando fluidez na demanda dos usuários.
Essa é uma reivindicação conjunta dos vereadores José Amarildo Farias (PT), Jair Junior (PSD) e Lucas Neves (PP) após uma visita realizada na unidade que atende aproximadamente quatro mil pessoas. “Nossas visitas são no sentido de colaborar com as equipes, solicitando reivindicações de melhorias, ampliação e serviços que contribuam com o bom atendimento da população lageana”, disse o vereador Amarildo.

A proposta será implantada em sintonia com o plano de gestão, através do programa Cidade Empreendedora

Parceria-entre-Prefeitura-e-Sebrae-visa-aprimorar-a-gesto-e-o-desenvolvimento-3O colegiado da Prefeitura de Lages tomou conhecimento detalhado, na manhã desta quarta-feira (20), do programa Cidade Empreendedora, oferecido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Foi o primeiro contato com os gestores municipais. A proposta, com 34 ações, é a de atuar nos próximos dois anos no desenvolvimento na cidade. O objetivo é o de melhorar o desenvolvimento econômico do município, além de propiciar a organização gerencial com a participação de todos os gestores da Prefeitura, a partir de propostas que aumentem o nível de satisfação da comunidade. Na Região da Amures, o programa começou este ano, e por enquanto, apenas três municípios aderiram, Lages, São Joaquim e Urubici. No Estado já são 31 os municípios engajados no processo.Conforme explicação do coordenador regional do Sebrae, Altenir Agostini, o programa que hora se inicia, torna-se uma espécie de sociedade entre a Prefeitura a entidade privada, visando alcançar resultados a curto e médio prazos. A atuação será diretamente na área do desenvolvimento econômico, ou seja, na aplicação de projetos de transformação, com soluções que envolvam a participação direta dos “atores” da Prefeitura, ou seja, envolve os diretores, executivos, secretários e o prefeito, com a utilização de ferramentas estratégicas, sob a orientação do Sebrae. O processo irá se desenvolver em todas as áreas, especialmente nos campos da educação e assistência social, visando contemplar os jovens que se encontram em situação de vulnerabilidade social.No plano do desenvolvimento econômico, a ideia é estabelecer junto ao Município um norte sobre quais são os planos prioritários a serem trabalhados, partindo de uma metodologia de aplicação. Inicialmente será feito um diagnóstico situacional, e em seguida a elaboração de um cronograma das ações. O que se pretende é implantar uma nova visão administrativa voltada para o empreendedorismo, com resultados diretos à comunidade e para as novas gerações. “Resumidamente, o programa melhoria a eficiência da gestão pública”, reforça Altenir Agostini.

Iniciativa não é de agora

O vice-prefeito Juliano Polese é quem está coordenado o projeto na Casa, e é o elo dos contatos junto ao Sebrae. Também é ele quem dá suporte para que o programa seja implantado na nova gestão administrativa. Juliano ressalta que os estudos já vêm sendo feitos há meses, e que culminam com a proposta do Plano de Governo da administração. Já o prefeito Antonio Ceron, comentou a questão em forma de questionamentos: o que a população realmente quer? Será que a equipe da Prefeitura está satisfeita com os resultados? Portanto, para o prefeito, é a chance de fazer uma gestão diferenciada. Com a parceria do Sebrae, será possível por em prática uma nova dinâmica na administração, justamente neste momento em que o país vive a pior crise econômica, ética e política. “Temos obrigação de contribuir com a sociedade usando ferramentas inovadoras de gestão, para obter, a partir deste esforço, melhores resultados”, concluiu Ceron.

O programa

Desenvolvido pelo Sebrae-SC, o programa Cidade Empreendedora tem como objetivo a transformação local pela implantação de políticas de desenvolvimento em várias frentes. Os projetos foram formatados para atender os municípios dentro de cada realidade encontrada.

CNHPara que essa inovação comece a funcionar, é preciso que o prédio da nova Delegacia Regional de Polícia e Ciretran seja inaugurado. Numa tentativa de evitar fraudes, como a cola, por exemplo, a Prova Eletrônica foi implantada em Santa Catarina e em todo o País, a qual, em tese, substituirá a Prova Teórica feita em papel. Assim que, a Renovação de CNH ou Prova para tirar a primeira habilitação, serão avaliadas pela Prova Eletrônica. Segundo o Agente Policial Carlos Manoel, “a prova eletrônica será feita através de um computador com “touchscreen”, onde o candidato abre-o, e responde as questões, e, em menos de 30 minutos já terá o resultado”, observou o policial.

 

A campanha preventiva está sendo realizada em inúmeros lugares em Santa Catarina

Servidores-de-Secretaria-aderem-a-campanha-Setembro-VerdeFuncionários da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo também aderiram à campanha “Setembro Verde”, como forma de chamar atenção para o câncer colorretal, também conhecido com câncer de intestino. Durante o expediente todos usam uma camiseta com estampa questionando se você conhece sabia que é possível prevenir o câncer de intestino? Além disso, os funcionários distribuem ao público panfletos com todas as informações.A Campanha Setembro Verde é idealizadapela Sociedade Catarinense de Coloproctologia. O objetivo é oferecer informações gerais sobre o câncer de intestino, e, principalmente as formas de prevenção, além de orientar a população para a existência da doença e a necessidade da realização de exames preventivos. Segundo informações, trata-se do segundo tipo de câncer mais comum nas mulheres e o terceiro nos homens, responsável por 15.4 mil mortes somente em 2013, conforme dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

PedreiraA Fatma concedeu para a empresa Britagem Gaspar, a renovação da chamada LAO- Licença Ambiental de Operação, o que permitirá a retirada de  basalto do Morro Grande por 4 anos. Assim que, a empresa irá explorar até 2021, sem nenhuma intervenção do órgão ambiental de SC.
Indaga-se o seguinte:  as reclamações dos proprietários de residências situadas nas proximidades do Morro, as quais foram afetadas, com as detonações de dinamites, apresentando rachaduras de paredes, por acaso a empresa que britava pedras indenizou os proprietários? Claro que não. Agora vem outra. Que garantia terão os moradores do Morro Grande caso suas residências sejam novamente atingidas? Com a palavra a FATMA ou a Justiça Pública?